segunda-feira, 31 de outubro de 2016

NÃO SENDO PESSIMISTA

PORQUÊ NÃO ESCREVEMOS MAIS ?


POR CONTA DAS NÃO REAÇÕES AOS TEXTOS DO  CATÁLOGO DE " OCORPO ", ALGUMAS CONSIDERAÇÕES :

POR QUÊ NÃO ESCREVEMOS MAIS ?

Será porquê temos preguiça, nos desacostumamos pós-redes sociais, às abreviaturas de tudo, inclusive o desenvolvimento de raciocínios mais extensos e demorados ? 
Ou não, é um sintoma apenas da nossa pressa, de nosso ritmo intenso de trabalho, e pouco tempo para relflexão ?

A adolescência e infância em risco social afeta a vida de todos, e muitas áreas afins discutem e trabalham com o tema, não é ?
Ocorre-me que possa ser, pelo sempre " impacto " que o tema provoca, mas sobretudo as imagens, fortes demais para maioria das pessoas, mesmo as que trabalham com esses assuntos. Mesmo as que lêem jornais, diariamente. As que assistem aos telejornais, consomem revistas semanais, etc.
O tema é forte, incômodo, sempre. Sempre.

Talvez por isso, as soluções cheguem lentamente, ou simplesmente não chegam.
A sensação é de desinteresse geral, apatia, pelo menos a minha, o é.

Lamento.

Lamento que estejamos tão silenciosos, mudos, até.
Entristece-me o fato de colegas não participarem, proporem, criticarem.

MAS CONTINUAREMOS, RESILIENTES QUE SOMOS, INSISTENTES.

Uma ótima semana a todos.

Isabella R. Thomé

Nenhum comentário:

Postar um comentário